“Baixar o IVA na restauração devia ser a medida número 1 para apoiar o setor”

“Baixar o IVA na restauração devia ser a medida número 1 para apoiar o setor”

Alferes Pereira, Ângelo Cardoso e Carla Marques nos estúdios da Sintonia

Empresários defendem medidas urgentes para o setor da restauração, entre elas a redução do IVA na componente alimentar. Falta de mão de obra e inflação são dificuldades prementes deste setor, já muito massacrado durante a pandemia da Covid-19.

‘Restauração, Hotelaria e Turismo: Como olhar o futuro?’ foi o mote do episódio 5 do programa Espaço Empresa, uma parceria da Sintonia com a AE Feira que todas as quintas-feiras, depois das 18h, debate temas em torno das empresas e do tecido económico do concelho. O programa contou com a participação de Alferes Pereira, presidente da Associação Empresarial da Feira, Ângelo Cardoso, representante do Angellus Eventos, e Carla Marques, representante do Restaurante e Hostel Os Vinte.

Falta de mão de obra e inflação entre as principais preocupações

O presidente da AE Feira, Alferes Pereira, introduz a temática e lembra o peso do setor da restauração no concelho de Santa Maria da Feira.

Ângelo Cardoso dá a conhecer o Angellus Eventos, um projeto que começou a surgir em 2000.

A pandemia da Covid-19 e as “enormes dificuldades” que trouxe ao setor da restauração.

Quais as principais dificuldades do setor da restauração? Ângelo Cardoso destaca a falta de mão de obra e afirma que a profissão é pouco atrativa, sobretudo pelos horários.

Alferes Pereira defende que “é urgente atuar” em setores fragilizados como o da restauração, sublinhando que os governantes “servem para antecipar problemas, evitá-los ou, pelo menos, minorá-los”.

Setor pede a redução do IVA na componente alimentar para seis por cento. Reivindicação da Pro. Var para alteração ao OE2023 não foi atendida pelo Governo.

Carla Marques dá a conhecer o projeto Restaurante e Hostel Os Vinte, um empreendimento “eco-friendly” e voltado para as energias renováveis e para a sustentabilidade. A empresária reforça a necessidade de baixar o IVA na restauração. “Agora, mais do que nunca, essa medida impõe-se. É insustentável continuarmos a suportar IVA’s de 13 e 23 por cento, não se compreende, não faz sentido“, sublinha.

Escassez de mão de obra na restauração, outra dificuldade apontada por Carla Marques.

E a inflação? “A cada semana, pagamos as coisas a um preço diferente“, constata Carla Marques. Ângelo Cardoso realça a dificuldade em fazer orçamentos a médio prazo.

O papel do município para impulsionar estes setores…

Quais as expectativas para a quadra natalícia?

Pode ouvir o programa na íntegra aqui.

Espaço Empresa – Episódio 5: 10/11/2022

O programa Espaço Empresa resulta de uma parceria entre a Rádio Sintonia e a Associação Empresarial da Feira. Todas as quintas-feiras, depois das 18h, o programa propões a debater temas relevantes para o tecido económico do concelho.