GNR desmantela rede de tráfico de droga e detém 17 pessoas

GNR desmantela rede de tráfico de droga e detém 17 pessoas

A GNR apreendeu droga diversa, nomeadamente 738 doses de haxixe, 130 doses de cocaína, 150 doses de heroína e quatro doses de MDMA

 

A GNR, através do Núcleo de investigação Criminal (NIC) do Destacamento Territorial de Oliveira de Azeméis, deteve esta segunda-feira 17 pessoas nos concelhos de Aveiro e Porto, desmantelando uma rede que se dedicava ao tráfico de estupefacientes na via pública em Santa Maria da Feira, S. João da Madeira, Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra. 

No âmbito de uma operação policial, relacionada com o tráfico de estupefacientes, os militares da Guarda realizaram várias diligências que culminaram com o cumprimento de 28 mandados de busca, 20 domiciliárias e oito em veículos, bem como no cumprimento de 12 mandados de detenção. Foram detidas 17 pessoas, com idades entre os 22 e 57 anos de idade.

A investigação, segundo comunicado da GNR, decorria há um ano e permitiu apurar que o “grupo de suspeitos se dedicava ao tráfico de estupefacientes na via pública, na zona de Vale de Cambra, Oliveira de Azeméis, São João da Madeira e Santa Maria da Feira. Com esta ação, a GNR desmantelou uma rede com grande impacto criminal na zona Norte do distrito de Aveiro, a qual está também associada a crimes de furto“, destaca o organismo.

A operação culminou com a detenção de nove homens e três mulheres, com mandados fora flagrante delito, e dois homens e três mulheres detidos em flagrante.

Durante a ação, foi apreendido diverso material: 738 doses de haxixe, 130 doses de cocaína, 150 doses de heroína, quatro doses de MDMA, oito veículos, uma pistola de alarme, dois sabres, um bastão de borracha, 4600 euros em numerário, diverso material usado no embalamento e corte do produto estupefaciente e diverso material relacionado com a prática dos furtos.

Os detidos foram hoje presentes no Tribunal Judicial de Santa Maria da Feira para aplicação das respetivas medidas de coação.

No âmbito da operação foram realizadas várias ações policiais nos distritos de Aveiro e Porto, nos concelhos de Santa Maria da Feira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra, São João da Madeira e Gondomar, tendo sido empenhados 154 militares da estrutura de investigação criminal, serviço territorial e de intervenção, provenientes do Comando Territorial de Aveiro, Braga, Coimbra, Porto, Viseu e da Unidade de Intervenção (UI), da GNR.

A operação contou ainda com o apoio e colaboração de 50 elementos da PSP do Comando Distrital de Aveiro e Comando Metropolitano do Porto, das valências de investigação criminal, policial e Unidade Especial de Polícia.