Espaço central da freguesia de Fornos vai ser reabilitado

Espaço central da freguesia de Fornos vai ser reabilitado

 

A área central da freguesia de Fornos vai ser requalificada, ganhando uma nova atratividade para fruição de todos. Mais iluminação pública; parque infantil de maiores dimensões e com novos brinquedos; relocalização dos equipamentos de promoção da atividade física para maior utilização; parque de merendas com novo mobiliário; plantação de novas espécies arbóreas e áreas ajardinadas são algumas das mudanças que irão conferir maior dignidade e modernidade àquela zona privilegiada que circunda a Escola Básica de Fornos e a Igreja de São Salvador de Fornos.

O Projeto de Requalificação Urbana do Largo Padre José Alves de Pinho e do Parque de Merendas Padre Manuel Silva Pinho foi esta semana analisado numa reunião de trabalho que juntou o Presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Amadeu Albergaria, o Presidente da Junta de Freguesia de Fornos, César Resende, e a equipa de projetistas.

O Presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Amadeu Albergaria, reforçou que este projeto vem na sequência do compromisso assumido pela autarquia de requalificar todos os centros urbanos do concelho: “As nossas populações merecem. Têm orgulho e vaidade na sua terra e, por isso, queremos projetar e executar espaços bonitos, atrativos, com melhores acessibilidades e com novos equipamentos, criando todas as condições para que diferentes gerações possam usufruir em pleno do espaço público, conviver e partilhar conversas e memórias”.

Visivelmente satisfeito com o projeto, César Resende, Presidente da Junta de Freguesia de Fornos, não hesitou em afirmar que a freguesia irá ficar “ainda mais bonita” com esta requalificação. O espaço “vai ter mais iluminação, podendo ser usufruído em qualquer período do dia ou da noite, pelas crianças da nossa escola ou pelos seniores; a população e os visitantes vão dispor de um espaço verde de excelência para piqueniques, para passear e fazer desporto ao ar livre”, vincou. O autarca está certo que toda a população “vai gostar e usufruir bastante deste parque urbano”.

Este projeto, com um investimento municipal estimado de 630 000 euros, integra o Plano de Regeneração dos Centros Urbanos do concelho e prima por um equilíbrio entre os elementos existentes e as novas propostas, respondendo às necessidades e expetativas da população.

Estão igualmente previstas nesta intervenção, a reformulação das instalações sanitárias adaptadas para pessoas com mobilidade reduzida, a pavimentação de passeios, a instalação de sistema de drenagem de águas pluviais, esgotos e abastecimento de água e garantidas todas as condições para a continuidade da realização de eventos e festas populares naquele espaço.

Após a realização de pequenos ajustes ao projeto, em resultado dos contributos recolhidos na reunião de trabalho, será apresentado publicamente à população.