Associação Empresarial da Feira lança projeto de consultoria para apoiar as empresas do concelho

Associação Empresarial da Feira lança projeto de consultoria para apoiar as empresas do concelho

João Martins (D’Olive), Alferes Pereira (AE Feira) e Vânia Coelho (Óptica Inês) nos estúdios da Sintonia

O projeto ‘Consultoria PME’s’ foi apresentado na passada quinta-feira no programa Espaço Empresa, uma parceria da Sintonia e da AE Feira, e é destinado, sobretudo, às micro e pequenas empresas do território. Os sócios da associação empresarial podem contar com apoio de consultoria gratuito em áreas como a jurídica, fiscal, contabilidade, marketing e comunicação, licenciamentos, higiene e segurança no trabalho ou projetos de investimentos, num projeto que pretende ser “dinâmico” e que poderá debruçar-se sobre outras áreas no futuro.

Alferes Pereira, presidente da AE Feira, Vânia Coelho, da Óptica Inês, e João Martins, do restaurante D’Olive, foram os convidados do quarto episódio do programa Espaço Empresa, onde foi apresentado o novo projeto da associação empresarial.

Atenta à realidade empresarial do território, a AE Feira decidiu lançar um projeto de consultoria que abrange diversas áreas com o intuito de apoiar os empresários, como refere Alferes Pereiras. “As microempresas mostram grandes dificuldades em áreas sensíveis da gestão, muitas delas do dia a dia e, nesse sentido, a associação resolveu avançar com este projeto“, afirma.

Vânia Coelho, associada da Associação Empresarial da Feira, dá a conhecer a Óptica Inês, uma loja situada no centro de Santa Maria da Feira e que se encontra no mercado há cerca de seis anos.

O restaurante D’Olive, no centro histórico de Santa Maria da Feira, cumpre em dezembro um ano de existência, explica João Martins. O responsável pelo estabelecimento conta como surgiu o projeto e faz o balanço do primeiro ano de trabalho.

A Associação Empresarial da Feira, com este projeto, propõe-se a prestar auxílio em diversas áreas, como a jurídica, fiscal, contabilidade, marketing e comunicação, licenciamentos, higiene e segurança no trabalho e projetos de investimento, afirma Alferes Pereira. O objetivo é que o projeto vá evoluindo e que possam surgir novas áreas de apoio às empresas, caso exista essa necessidade no terreno.

Vânia Coelho e João Martins destacam as mais-valias deste projeto.

Mas em que moldes vai funcionar? Alferes Pereira explica. A empresa associada deve contactar a AE Feira através do email apoio@aefeira.pt. A situação é posteriormente avaliada pela AE Feira, “com máxima confidencialidade“, e encaminhada para o parceiro consultor. A questão é depois analisada e é dado o parecer ao associado. Esse contacto, dependendo da situação em análise, pode ser feito de forma presencial ou através de email. Requerer este apoio de consultoria, salienta Alferes Pereira, é gratuito para os associados da AE Feira. Após as conclusões, o associado avalia o parecer e decide qual o caminho a seguir. Caso queira recorrer ao parceiro consultor, diz Alferes Pereira, o valor do serviço será a preços contidos e abaixo dos praticados no mercado.

A importância de dominar as ferramentas na área do marketing e da comunicação.

Alferes Pereira acredita que este apoio será relevante para as empresas, sobretudo no atual contexto económico.

Vânia Coelho e João Martins refletem sobre o atual contexto económico e apontam que são necessários mais apoios às empresas como, por exemplo, a baixa de impostos.

A AE Feira arrancou recentemente com outro projeto, que consiste na visita às 31 freguesias do concelho e a realização de workshops junto dos empresários. A iniciativa começou a 24 de outubro, em Argoncilhe, e o balanço “é positivo“, salienta Alferes Pereira. Segue-se Arrifana, no próximo dia 21 de novembro.

Notas finais, com destaque para que os feirenses, na quadra natalícia que se avizinha, comprem no comércio local.

Pode ouvir o programa na íntegra aqui.

Espaço Empresa – Episódio 4: 03/11/2022

O programa Espaço Empresa resulta de uma parceria entre a Rádio Sintonia e a Associação Empresarial da Feira. Todas as quintas-feiras, depois das 18h, o programa propões a debater temas relevantes para o tecido económico do concelho.