União de Lamas e Fiães dividiram pontos no Bolhão em duelo “emotivo e intenso”

União de Lamas e Fiães dividiram pontos no Bolhão em duelo “emotivo e intenso”

O jogo “emotivo e intenso” no estádio do Bolhão terminou com o empate a uma bola entre Fiães e União de Lamas. Apesar da igualdade registada, a turma comandada por Luís Miguel Martins mantém-se líder a norte e até conseguiu aumentar a vantagem para o 2º classificado, o Paivense, que perdeu na visita a Cesar (4-3).

No final da partida, Luís Miguel Martins destacou aos microfones da Sintonia que o União de Lamas encontrou pela frente “uma grande equipa“. “Somos as duas melhores equipas do campeonato“, afirmou o timoneiro, destacando que ambos os emblemas têm sido assolados por “muitas lesões” ao longo da época. O técnico salientou, ainda, que o União de Lamas continua a ser a “única equipa sem derrotas” no campeonato, já que o Beira-Mar, até agora invicto, consentiu o primeiro desaire na casa do Fermentelos este domingo.

Na próxima jornada, o União de Lamas enfrenta o Paços de Brandão, equipa que vive um bom momento no campeonato e que ocupa o 3º lugar. Nos últimos quatro jogos, a Briosa somou três vitórias e um empate.

Luís Miguel Martins, técnico do União de Lamas

“Foi um jogo extremamente emotivo e intenso”, resume o técnico do Fiães, Pedro Alves, destacando os “momentos ascendentes” da turma fianense ao longo da partida. O timoneiro diz que o objetivo do Fiães é claro: “conseguir a vitória, seja casa ou seja fora“. Questionado se a equipa conseguirá atingir a meta de ficar nos quatro primeiros lugares que dão acesso à subida, Pedro Alves responde: “O Fiães quer ganhar jogo a jogo, só isso“.

No próximo domingo, o Fiães – oitavo classificado com 14 pontos – recebe o Cucujães, equipa que este fim de semana venceu pela margem mínima no reduto do S. Vicente de Pereira.

Pedro Alves, técnico do Fiães

Foto: DR