Paços de Brandão não desarma: “Equipa coesa” conta com apoio de adeptos “cinco estrelas”

Paços de Brandão não desarma: “Equipa coesa” conta com apoio de adeptos “cinco estrelas”

O triunfo por 2-0 na receção à Florgrade vale ao Paços de Brandão o terceiro lugar na tabela classificativa à condição, já que a Ovarense contabiliza menos um jogo. A vitória da turma brandoense foi construída nos primeiros 25 minutos e o técnico José Pedro Mota reconhece que marcar cedo tem sido “um dos pontos fortes” da equipa.

Aos microfones da Sintonia, o timoneiro destacou ainda o apoio “cinco estrelas” dos adeptos, que tem sido uma constante ao longo desta temporada. José Pedro Mota quer manter intacto o espírito atual da Briosa: “uma equipa coesa, com sangue na guelra, que defende e que luta“.

Na próxima jornada há dérbi escaldante. O Paços de Brandão visita o líder União de Lamas.

José Pedro Mota, técnico do Paços de Brandão

Com o desaire, a Florgrade cai para o quinto lugar, com 20 pontos. O técnico da equipa, Bruno Batista, analisou a partida aos microfones da Sintonia. A Florgrade, diz o timoneiro, até entrou bem no jogo, mas não conseguiu contrariar a defensiva da briosa. “É uma equipa que gosta de baixar as linhas, não é por acaso a equipa com menos golos na nossa série“, constatou. “Pela atitude e compromisso que os jogadores do Paços tiveram, acho que a vitória assenta muito bem ao Paços de Brandão“, apontou ainda.

Na próxima jornada, a Florgrade recebe o lanterna vermelha da zona norte, a JD Carregosense.

Bruno Batista, técnico da Florgrade

Foto: DR / Florgrade