A Flor de Aldriz inaugura “auditório renovado” no dia da estreia da peça de teatro infantil ‘O Mundo dos Porquês’

A Flor de Aldriz inaugura “auditório renovado” no dia da estreia da peça de teatro infantil ‘O Mundo dos Porquês’

Sónia Ribeiro, Bruna Silva e António Silva em entrevista na Rádio Sintonia

O renovado Teatro de Aldriz é inaugurado este domingo, pelas 15h30, no mesmo dia em que a coletividade estreia a peça de teatro infantil ‘O Mundo dos Porquês’. António Silva, Sónia Ribeiro e Bruna Silva estiveram nos estúdios da Sintonia a abordar a nova produção do grupo, mas a conversa foi além disso e abordou o trabalho que tem vindo a ser realizado pela coletividade e os sonhos que acalenta para o futuro.

A pandemia da Covid-19 atrasou a estreia do espetáculo ‘O Mundo dos Porquês’, mas, por outro lado, deu oportunidade à coletividade de Argoncilhe de “fazer obras profundas no auditório“. O presidente, António Silva, releva que a sala de espetáculos oferece agora “mais conforto e segurança” aos espectadores e outras condições técnicas aos atores. Quem visitar o espaço, diz o dirigente, pensará que “está a entrar noutra realidade totalmente diferente”. A inauguração do espaço é acompanhada da estreia da peça de teatro infantil ‘O Mundo dos Porquês’, da autoria de Telma Colaço, que desafiou o grupo a atuar para o público mais jovem. E para António Silva, esse é o caminho certo para fidelizar espectadores, despertando a paixão pela arte de representar desde cedo: “É uma forma de cativar público para o teatro e isso não é muito fácil, é um percurso difícil e só se ganha gosto pelo teatro se as pessoas vierem desde tenra idade“.

O auditório foi renovado, mas os sonhos d’A Flor de Aldriz não se esgotam aqui. Há ainda obras que a direção quer ver concluídas até ao final do próximo ano, nomeadamente nas áreas comuns, corredores, casas de banho e acessos. A par disso, A Flor de Aldriz tem agendados vários espetáculos e vai estrear outra peça ainda este ano, O Casamento, uma encenação de Sandra Sousa e que promete apaixonar o público.

António Silva, que em abril deste ano assumiu a presidência da coletividade, dá a conhecer o rumo traçado pela direção para que A Flor de Aldriz continue a crescer. O percurso passa, sublinha, por apostar na qualidade dos seus espetáculos. “Estamos muito vocacionados para o teatro, queremos apostar em produções cada vez melhores e mais ambiciosas“, vinca o dirigente, acrescentando a importância das digressões e de parcerias com outras entidades, como é o caso da parceria com a Escola Artística Soares dos Reis, do Porto.

António Silva está há cerca de cinco anos n’A Flor de Aldriz, que soma no currículo viagens a Espanha, às ilhas e até uma atuação que foi transmitida na Suécia. Bruna Silva e Sónia Ribeiro juntaram-se ao grupo há cerca de dois anos e estreiam-se em palco este domingo com a peça ‘O Mundo dos Porquês’. O gosto pelo teatro une todos os elementos de grupo, que garantem que o atual “dinamismo” é para manter.

Pode ouvir a entrevista na íntegra aqui.

Entrevista A Flor de Aldriz – Parte 1
Entrevista A Flor de Aldriz – Parte 2