S. João de Ver cai de pé na Taça de Portugal: “Merecíamos ter passado”

S. João de Ver cai de pé na Taça de Portugal: “Merecíamos ter passado”

Foto: Direitos Reservados/ Sporting Clube S. João de Ver

Leixões marcou primeiro, no arranque da etapa complementar, e o golo do Sporting Clube S. João de Ver só chegaria já em tempo de compensação, por intermédio de Adul Seibi, empurrando o jogo para prolongamento. A turma comandada por José Mota acabaria por marcar dois golos, já nos últimos minutos, vencendo por 1-3 e carimbando a passagem para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal.

O S. João de Ver nunca deixou a toalha ao chão e caiu de pé na 2ª eliminatória, como afirmam o técnico Nuno Pedro e o jogador Castro, aos microfones da Sintonia. A equipa foca-se agora na Liga 3. Na próxima jornada há dérbi entre S. João de Ver e Lourosa.

Ouça as declarações, no final da partida, recolhidas pelo repórter da Sintonia, Manuel Silva.

Nuno Pedro, técnico do S. João de Ver
Castro, jogador do S. João de Ver

Do outro lado da margem, o técnico do Leixões, José Mota, reconheceu a qualidade da turma malapeira, mas afirmou que o triunfo da sua equipa foi justo. A vitória, admite o timoneiro, poderá galvanizar a equipa na II Liga, competição onde já não vence há três jogos.

José Mota, técnico do Leixões

Feirense goleia e carimba passagem à terceira eliminatória da Taça de Portugal

Já o Feirense segue em frente na Taça de Portugal, depois de ter goleado esta tarde o Vila Meã, por 5-1, com destaque para o hat-trick de Jardel. Petkov e Atshimene também marcaram pela turma comandada por Rui Ferreira. Pela equipa da casa marcou Ivandro, aos 69 minutos.