Exposição ‘Amar em dois pólos’, de Nathalie Santos, está patente no Museu Vivo da Fogaça até 13 de setembro

Exposição ‘Amar em dois pólos’, de Nathalie Santos, está patente no Museu Vivo da Fogaça até 13 de setembro

Nathalie Emilienne Santos em entrevista nos estúdios da Sintonia

Natural de França, Nathalie Emilienne Santos vive, há mais de 30 anos, em Santa Maria da Feira. Inaugurou esta sexta-feira a exposição de ilustração e pintura ‘Amar em dois pólos’, uma mostra “especial” para a artista e que pretende sensibilizar para a doença mental, em particular para a bipolaridade.

O certame inspira-se no poema de Miguel A. Oliveira e também em textos da artista, que, em 2012, foi diagnosticada com transtorno bipolar. Nathalie Santos recorre pela primeira vez à arte para sensibilizar para a doença mental, em concreto para a bipolaridade, uma doença que diz ser “muito mal compreendida“. “As pessoas às vezes comparam isto com uma pessoa que tem diabetes, mas a doença mental é muito complicada, é muito complexa, é difícil o doente controlar-se, numa crise, e é difícil aos familiares mais próximos compreenderem também“, afirma.

Nathalie Santos afirma que, por ser artista, foi “mais fácil assumir-se como bipolar“. A mensagem da exposição, patente no Museu Vivo da Fogaça de Santa Maria da Feira, “percebe-se imediatamente nas imagens e nas frases transcritas“, afirma a feirense. E qual é a mensagem? “Não é fácil amar-se a si próprio nem é fácil ser amado como bipolar”, sintetiza Nathalie.

A exposição está patente no Museu Vivo da Fogaça de Santa Maria da Feira até 13 de setembro e pode ser visitada entre quarta-feira e domingo, das 09h às 19h. O espaço encerra às segundas e terças-feiras.

A Sintonia sentou-se com Nathalie Santos a falou sobre esta exposição, mas também sobre o seu percurso artístico. Licenciada em Escultura na Escola de Belas Artes da Faculdade do Porto, Nathalie Santos quer manter-se ativa no mundo artístico. A arte, diz, “funciona como uma terapia”.

Pode ouvir a entrevista na íntegra aqui.

Entrevista com Nathalie Santos nos estúdios da Sintonia