Câmara da Feira cria bolsa de guias do património

Câmara da Feira cria bolsa de guias do património

O Município de Santa Maria da Feira tem abertas, até 30 de abril, candidaturas para guias e monitores do património. O objetivo é criar uma bolsa de técnicos credenciados, em regime de prestação de serviços, para a realização de visitas ao património da cidade, com enfoque no Castelo da Feira.

Aos candidatos são pedidos conhecimentos sobre o património da cidade de Santa Maria da Feira, que permitam realizar visitas orientadas a grupos de diferentes faixas etárias.

Podem candidatar-se todos os interessado neste desafio, que valorizem a riqueza patrimonial do território e apresentem os seguintes requisitos: Português – nível 6 (C2); Inglês, Francês ou Espanhol – nível 4 (B2) ou nível 5 (C1); curriculum relevante em áreas como História, Arqueologia, História de Arte ou Turismo; disponibilidade de tempo, considerando os horários de abertura ao público dos equipamentos culturais; experiência em atividades similares; excelente capacidade de comunicação; conhecimentos sobre a história de Santa Maria da Feira; gosto pela área da animação turística e pelo contacto diário com pessoas de várias culturas e nacionalidades; e idade igual ou superior a 18 anos.

Caberá aos guias selecionados acompanhar e orientar grupos de visitantes, garantir a qualidade da experiência e a comunicação intercultural.

Os interessados devem enviar currículo para o email museuconventodosloios@cm-feira.pt com o assunto “Bolsa de Guias do Património”. Depois de analisadas as candidaturas, os pré-selecionados serão chamados para uma entrevista e os que dela saírem como guias pré-selecionados terão de frequentar uma formação sobre o património feirense, ministrada pelo Município de Santa Maria da Feira.

Os guias efetivamente selecionados realizarão posteriormente uma prova prática de orientação de uma visita para um público a definir.

Mediante as necessidades e solicitações, os guias que integrarem a bolsa serão convocados para orientar grupos pré-identificados, de acordo com a sua disponibilidade, o idioma dos visitantes e o perfil do público-alvo.

Recorde-se que o Município de Santa Maria da Feira assumiu formalmente a gestão do Castelo da Feira a 16 de novembro de 2022, data da assinatura do auto de transferência de competências de gestão, valorização e conservação do ex-líbris do território feirense.