Sintonia de Ataque: “A Sanjoanense é um sério candidato a ficar nos quatro primeiros”

Sintonia de Ataque: “A Sanjoanense é um sério candidato a ficar nos quatro primeiros”

Bruno Ferreira e Tiago Fardilha no Sintonia de Ataque dedicado ao Campeonato de Portugal e à Liga 3

O duelo histórico entre Lourosa e Sanjoanense marcou a última jornada da Liga 3, com a equipa de S. João da Madeira a vencer por 3-1 os comandados de Filipe Moreira. No Sintonia de Ataque, Tiago Fardilha e Bruno Ferreira analisaram o encontro, dando nota positiva à Sanjoanense, que se deslocou a Lourosa com “o objetivo claro de conquistar os três pontos“, mostrando ser “um sério candidato a ficar nos quatro primeiros“.

Por outro lado, a prestação do Lourosa não convenceu Tiago Fardilha, que lançou duras críticas à exibição dos leões. “Parece-me que a equipa do Lourosa teve de tudo menos preparação para este jogo. Uma equipa com tantas opções, com tanta qualidade no plantel, independentemente de ter baixas de Covid-19, como a Sanjoanense também teve, parece-me a mim que é muito pouco, ainda para mais para uma equipa que jogou em casa“, apontou, considerando “inadmissível” a exibição da turma lusitanista.

Bruno Ferreira considerou que a Sanjoanense “obteve uma vitória justa e clara“. “A Sanjoanense foi a Lourosa para vencer o jogo, nunca quis o empate, não foi para defender, não levou o autocarro para defender, entrou desde o primeiro minuto para vencer. Antes do Lourosa fazer o 1-0, a Sanjoanense já tinha tido duas oportunidades em que poderia ter inaugurado o marcador, através do Rui Pedro e do Rui Pinho“, apontou Bruno Ferreira, que entende que, na segunda parte, “fez-se justiça” no marcador. “É um resultado mais do que justo, de uma exibição de grande nível da Sanjoanense, que tem jovens de grande qualidade“, realçou ainda.

Pode ouvir na íntegra o programa moderado por Filipe Dias aqui.

Sintonia de Ataque: Edição 11/01/2022