AFA suporta testes à Covid-19 na retoma da formação. “Há uma janela de oportunidade, não podemos ficar para trás”

AFA suporta testes à Covid-19 na retoma da formação. “Há uma janela de oportunidade, não podemos ficar para trás”

Arménio Pinho falou à Sintonia Feirense sobre a retoma da formação no distrito de Aveiro, prevista para 19 de abril. Competições deverão arrancar a 8 de maio

Depois de largos meses de paragem, prevê-se o arranque dos treinos na formação já na próxima segunda-feira. O presidente da Associação de Futebol de Aveiro, Arménio Pinho, explica o que tem vindo a ser feito para possibilitar a retoma. A AFA vai custear os testes à Covid-19 e isentou a inscrição de todos os atletas da formação esta época. Arménio Pinho reconhece que o percurso não será em linha “reta” e que haverão “curvas” pelo caminho, mas salienta que a retoma do desporto é fundamental. “Agora que há uma janela de oportunidade, não podemos ficar para trás. Temos de nos colocar à cabeça da situação e ajudar os nossos clubes. É isso que temos andado a fazer”, diz.

A partir das 10h desta sexta-feira, os clubes podem levantar, na Associação de Futebol de Aveiro, os testes de despistagem à Covid-19. Em entrevista à Sintonia Feirense, o presidente da AFA, Arménio Pinho, explica que os testes serão realizados por médicos ou enfermeiros. A AFA está ainda a tentar desenvolver, com a Federação Portuguesa de Futebol, “uma ação de formação de nível nacional para os fisioterapeutas” poderem ficar habilitados a realizar testes. A AFA estima, no mínimo, a cedência de 10 mil testes e fala num investimento “de vários milhares de euros”.

A realização de testes para despiste da covid-19 é obrigatória para a formação, como determina a Orientação 36 da Direção Geral de Saúde, no regresso aos treinos a partir da próxima segunda-feira.

O presidente da AFA, Arménio Pinho, explica ainda que está previsto o arranque da competição na formação a 8 de maio, com a realização de mini torneios com seis equipas. O dirigente destaca, também o regresso ao ativo dos árbitros aveirenses.

Para ajudar os clubes, a AFA decidiu isentar a inscrição de todos os atletas da formação, dos cinco aos 18 anos. “Quem pagou vamos devolver e quem não pagou, não paga“, diz Arménio Pinho. O organismo vai ainda aplicar “um desconto no prémio de seguros” em todos os escalões, desde a formação aos seniores. “Quem se inscrever agora passará a ser cobrado apenas 60 por cento“, acrescenta o dirigente, que diz ainda que, no final da época, poderá existir “um acerto para crédito”.

Arménio Pinho diz que o feedback dos clubes nesta retoma “é positivo” e lembra a missão da AFA. “A nós compete-nos organizar as provas e lutar pelo desenvolvimento do futebol, futsal e futebol de praia no distrito”, vinca o responsável máximo pela AFA.

Arménio Pinho reconhece que a retoma não será fácil, mas lembra que esta é uma “janela de oportunidade”, depois de meses de suspensão da atividade desportiva na formação. “Temos que começar a habituar-nos a este novo normal, acreditando que estamos a caminhar para dias melhores“, refere.

Até ao dia 25 de abril, estão abertas as candidaturas para os cursos de treinador UEFA C e B de futsal na Associação de Futebol de Aveiro, afirma ainda o dirigente.