“NUNCA IREI ESQUECER A ARRÁBIDA!” SEGUE-SE A VOLTA AO ALENTEJO