FOGAÇA CASTELO “EM FORNO TRADICIONAL A LENHA” JÁ CHEGA AO JAPÃO

FOGAÇA CASTELO “EM FORNO TRADICIONAL A LENHA” JÁ CHEGA AO JAPÃO

forno a lenha

Santiago Marquez não tem dúvidas. A Fogaça Castelo é a “melhor fogaça do planeta Terra!” Vasco Lamoso fala de uma “Casa distinta, com tradição”. A opinião dos clientes diz tudo do Café Castelo e da Fogaça que percorre o mundo.

Tradição, história, identidade. Diogo Almeida, em grande entrevista à Águia Azul, a Sintonia Feirense, lembra como tudo começou, com apenas dois anos e meio.

Ainda hoje, o Café Castelo, no coração de Santa Maria da Feira é o “único que trabalha em forno tradicional a lenha. Algo que me orgulha, pela qualidade. Acima da quantidade, está a qualidade, algo que aprendi com o meu pai”.

diogo 1

Sempre com identidade feirense, Diogo Almeida lembra que os clientes vêm “de partes tão distintas, como Ovar, S. João da Madeira, Gaia, Porto, Gondomar, Paços de Ferreira, Paredes, Arouca, Vale de Cambra, Espinho, para além de Santa Maria da Feira”.

Saber ouvir o cliente é uma virtude.

Não há magia, para uma Fogaça “deliciosa. Há que seguir a receita, os ingredientes são essenciais”, acrescenta Diogo Almeida, no estúdio da Águia Azul, a Sintonia Feirense.

fachada

A Fogaça no dia seguinte, tanatas vezes, “ainda mais irresistível”.

Com tanta exigência, não há tempo para viver a Festa das Fogaceiras, tradição com mais de 500 anos de existência.

Que o Clube Desportivo Feirense “suba de divisão e consiga ficar na I Divisão”.