MAIS DE 700 PESSOAS NO 13.º FESTIVAL DE PATINAGEM DE LOUROSA PELO ROLAR

MAIS DE 700 PESSOAS NO 13.º FESTIVAL DE PATINAGEM DE LOUROSA PELO ROLAR

2015 rolar capa capa

A cada ano que passa, a imagem do Pavilhão da Cidade de Lourosa é impressionante. Sempre mais público, espaço pequeno para tanta gente. Pessoas de todo o País que não perdem a organização do Rolar Hóquei Clube Cidade de Lourosa. A 13.ª edição voltou a ser “um espetáculo memorável”, garante Beatriz Mendes.

Com cerca de 200 patinadoras de referência, em 18 coreografias, o Festival da Cidade com Forte Paixão voltou a fazer a diferença. Catarina Mendes enfatiza uma “noite que nunca mais vamos esquecer. Pelo calor do público, pelo nível do Festival, pela família que somos!”

O Rolar “envolve, consegue surpreender quem visita Lourosa”, acrescenta António Conceição, pela direção do histórico emblema lourosense.

António Mendes viveu, enquanto organizador, os 13 festivais já realizados. “Nenhum é igual, há sempre elementos diferenciadores, que contagiam, que apaixonam, naturalmente”.

2015 rolar em estudio

Catarina Mendes fala da Patinagem com “paixão. É algo que me faz bem e convido todas as pessoas a experimentarem. Porque vão adorar”.

Genuíno encontro de irmãs em estúdio, com Catarina e Beatriz Mendes em momento único, através da Sintonia Feirense.

Com o Natal tão perto, António Conceição tem uma ideia do que seria uma “excelente prenda para o nosso clube”.

2015 lourosa a pinha

Foram muitas horas de trabalho, de envolvimento das pessoas do Rolar Hóquei de Lourosa, da Junta de Freguesia de Lourosa, da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira. A todas as pessoas que tornaram o festival “possível o nosso muito obrigado!”

É cada vez mais relevante o papel da mulher no desporto, afirma Catarina Mendes. “A verdade é que, na Patinagem, faltam homens!”

Catarina Mendes, como futura enfermeira, quer muito ficar em Portugal, mas “tenho a noção que será muito difícil e a solução poderá ser emigrar.”

2015 impression

Beatriz Mendes tem sonhos para concretizar, também através do desporto, em Lourosa.

A jovem patinadora realça a capacidade da mulher em fazer várias coisas, com a capacidade de fazer a diferença.

No que respeita aos desafios profissionais, Beatriz Mendes solta uma convicção.

Rolar Hóquei Clube Cidade de Lourosa “é adrenalina permanente, é excelência em cada Festival de Patinagem. Venham ao Pavilhão de Lourosa e experimentem”, convidam Catarina e Beatriz Mendes.

Continua a ser um dos grandes eventos da região de Terras de Santa Maria. Mais de 700 pessoas lotaram, por completo, o Pavilhão da Escola E.B.2.3 de Lourosa.