ABERTA OFICIALMENTE A 19ª VIAGEM MEDIEVAL EM SANTA MARIA DA FEIRA

ABERTA OFICIALMENTE A 19ª VIAGEM MEDIEVAL EM SANTA MARIA DA FEIRA

Está aberta a 19ª edição da Viagem Medieval que até ao dia 9 de agosto espera atrair até Santa Maria da feira cerca de 50 mil visitantes por dia.  Considerada o maior evento de recriação histórica medieval da Península Ibérica, a Viagem Medieval estende-se por 12 dias consecutivos, no centro histórico da cidade de  Santa Maria da Feira.

viagem 1 30 julho

A cerimónia de abertura, aconteceu ontem à noite ( quarta-feira), com o presidente do município Emídio Sousa. Aqui recordamos esse momento.

O Edil, fala do esforço que tem feito em projetar o evento noutros mercados.

Para o autarca, manter os 50 mil visitantes por dia na viagem é o repto para esta edição.

viagem 2 30 julho

Paulo Sérgio Pais, da empresa municipal Feira Viva, reconhece que devido à imensa participação de visitantes, não é fácil arranjar estacionamento para todos e, mostra-se surpreendido, pela grande  adesão logo no dia da abertura oficial.

A questão da segurança tem tido uma evolução ao longo dos anos, assim como, a melhoria de outros espaços fundamentais para que os milhares de visitantes se sintam satisfeitos.

Os números da viagem são impressionantes: mais de 2000 pessoas estão integradas neste evento.

viagem 3 30 julho

Paulo Sérgio Pais, fala do retorno económico que se atinge nestes dias da viagem, não só para quem participa, mas também, para o restante comercio da cidade, nomeadamente, a restauração e a hotelaria.

A internacionalização da viagem é um dos objetivos claros da organização.

Gil Ferreira, vereador da cultura do município, começa por realçar o alargamento de viagem para doze dias e a produção de conteúdos inéditos, muitos deles, oriundos de Santa Maria da Feira.

O vereador sublinha, a importância das receitas angariadas no evento, para a sustentabilidade das associações.

viagem 5 30 julho

Inovar a cada viagem tem sido uma preocupação e uma virtude deste evento, que tem como principal enfoque a nossa história, sendo, por isso, uma grande escola para o movimento associativo.

Gil Ferreira destaca a participação de jovens na viagem nas suas mais diversas vertentes.

A federação das coletividades foi a entidade que iniciou este grande evento e, hoje, Joaquim Tavares, realça que cerca de 80 por cento da animação é feita pelas associações locais.

viagem 6 30 julho

Para este responsável a intervenção das associações nos conteúdos da viagem é mais importantes do que a vertentes financeira.

Quanto à atribuição de lugares para participar na viagem, Joaquim Tavares, reconhece que não é tarefa fácil, embora a decisão se baseie num regulamento interno.

O facto de as avaliações não serem tornadas públicas tem merecido alguns reparos por parte de algumas associações. Fernando Tavares, contraria a versão e, diz que, qualquer coletividade, tem acesso a essa informação desde que solicitada.

Para Fernando Tavares, é um orgulho liderar uma instituição que esteve na génese da criação de uma das maiores recriações históricas da Península Ibérica.

viagem 4 30 julho

O Rei Afonso III – Isidro Oliveira-, também falou à Aguia Azul, a Sintonia Feirense, sobre o crescimento da viagem.

A vereadora do pelouro da educação e desporto, Cristina Tenrreiro, releva o envolvimento da comunidade educativa nesta viagem.